BIODIVERSIDADE NA WEB / SERRALVES
Nome Científico
Cocculus laurifolius DC.
Nome comum
cóculos, cóculo
Tipo de origem
Origem

Nativa da Ásia Oriental até aos Himalaias.

Habitat

Estrato inferior de florestas mistas (até 6 m de altura no habitat natural)

Flor
Folha
Porte
Tronco
Autor
DC.

Descrição

O cóculo é um arbusto ou pequena árvore sempre-verde, dioica, com 6 a 8 m de altura, muito ramificado e com ramagem aberta, algo pendente. O tronco possui casca escura, fissurada. As folhas são simples, alternas, dispostas em duas fileiras regulares sobre os ramos. Possuem uma forma oblongo-ovada ou obovada, às vezes elípticas, de 8 a 15 cm de comprimento e 3 a 5 cm de largura, com ponta acuminada; a margem é inteira, com 3 nervuras paralelas salientes; são verde lustrosas e de textura algo subcoriáceas. As flores são pequenas, esverdeadas, dispostas em inflorescências em forma de panículas axilares ou terminais. O fruto é uma drupa, globosa, achatada e negra, com cerca de 6 mm de diâmetro.

Forma de Vida
Tipo de Reprodução
Perenidade
perenifólia
Ínicio de Floração
Maio
Fim de Floração
Junho
Inflorescência
Cor da Flor
verde
Tipo de Folha
Inserção de Folha
alterna
Margem da Folha
inteira
Limbo da Folha
Tipo de Fruto
Consistência do Fruto
Maturação do Fruto
Setembro
Observações

Espécie que cresce bem em locais frescos e sombrios; resistente à geada e de crescimento lento, sendo muito difícil de reproduzir em viveiros (multiplica-se por meio de sementes). O género Cocculus compreende 7 espécies distribuídas principalmente pelos trópicos de África e este da Ásia. O restritivo específico, laurifolius, é alusivo às suas folhas, semelhantes as do loureiro (Laurus nobilis).

Aplicações

Muito cultivada para fins ornamentais, principalmente devido às suas vistosas folhas que apresentam 3 nervuras inconfundíveis. Um alcaloide da casca tem efeito de relaxante muscular, semelhante ao do curare. A planta também tem sido utilizada como diurética e vermífuga.

Adicionar ao comparador Ir para o comparador Ficha da especie
Seara.com